Em Santiago, presidente da OAB/RS recebe doação de terreno para futura sede da subseção

O termo foi oficializado, nesta terça-feira (16), durante ato que mobilizou a advocacia santiaguense. Área de 800 m², localizada nas proximidades do novo Foro da Comarca, foi doada por tradicional família da cidade.


"É um momento marcante para os advogados de Santiago e de realização existencial como dirigente de Ordem". Com essas palavras, o presidente da OAB/RS, Marcelo Bertoluci, manifestou o simbolismo do ato de assinatura da escritura de recebimento da doação de terreno para a construção da sede própria da subseção.


O termo foi oficializado nesta terça-feira (16), com as presenças do presidente da OAB Santiago, José Marcelo Lemos Palmeiro; do ex-presidente, Marcelo Noronha; e dos conselheiros seccionais Alfredo Bochi Brum e Paulo Cesar Rosado. Os dirigentes visitaram o terreno de 800 m², localizado nas proximidades do novo Foro da Comarca e do campus da URI – Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai. Nos arredores, serão construídas ainda as sedes da Justiça do Trabalho, do Ministério Público, do INSS e da Defensoria Pública.


A doação foi feita por uma tradicional família da cidade – os Bonotto – que sempre contribuíram para o desenvolvimento da comunidade. "A área fica numa região em crescimento no município e estratégica para a OAB", afirmou a arquiteta Andréa Souza Bonotto, filha dos doadores Antônio e Catarina Bonotto.


A estrutura da Ordem em Santiago será viabilizada por meio do inédito projeto da OAB/RS de plantas padronizadas, que são adequadas ao número de advogados da região, proporcionando uma identidade visual única e economia no custo de construção dos prédios. A obra faz parte do programa "Nenhuma Subseção Sem Sede".


Bertoluci ressaltou que o ato solidifica um momento histórico para a OAB do município. "A doação do terreno é o início da concretização de um novo sonho dos advogados da subseção. E, mesmo com os desafios de receita, assumimos o compromisso de viabilizar o projeto", declarou.


Para Palmeiro, a doação é resultado do trabalho dos presidentes antecessores. "A presença física da Ordem engrandece o município e fortalece a advocacia. Os profissionais do Direito da região merecem esta conquista que se materializará com a futura sede", enfatizou.


Conforme Noronha, a iniciativa ratifica o reconhecimento da OAB como defensora das causas da cidadania. "Teremos uma casa que não será somente do advogado, mas de toda a sociedade", disse.


O conselheiro Bochi Brum ressaltou que a futura sede agregará melhores condições para prestação de serviços aos advogados. O também representante da subseção no Conselho da OAB/RS, Paulo Rosado enfatizou a credibilidade da entidade no ato de confiança da doação do terreno.



Mais sedes de subseções


Em 2013, a Ordem gaúcha continuará a inaugurar sedes de subseções. Em breve, serão entregues os prédios de Torres, Getúlio Vargas e Guaíba. No ano passado, foram inauguradas as estruturas de Vacaria, Igrejinha, São Borja, Taquara, Novo Hamburgo e Estrela, além da ampliação das sedes de Camaquã e Bom Jesus.


Nos últimos anos, a OAB/RS concluiu ainda os prédios de Marau, Alvorada, Caçapava do Sul, Quaraí, Santo Antônio da Patrulha, Santa Cruz do Sul, Uruguaiana, São Sebastião do Caí, Santo Augusto, Alegrete, Cruz Alta e Cachoeirinha; além das ampliações das sedes de Santa Vitória do Palmar (1ª fase), São Leopoldo e Frederico Westphalen. Estão em andamento, ainda, as estruturas das subseções de Soledade, Santa Maria, Três de Maio, Palmeira das Missões e Erechim. Serão iniciadas as obras das sedes de Lagoa Vermelha, Caxias do Sul, Venâncio Aires, Capão da Canoa, São Gabriel, Pelotas, Canoas, Triunfo, Taquari e Não-Me-Toque.




















Postado em: 16/04/2013
Todos os direitos reservados © 2017 | Fone/Fax: (055) 3251-2541
santiago@oabrs.org.br

Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido!